PUBLICIDADETutti Festa Topo

Stan Lee, pai dos super-heróis da Marvel, morre aos 95

img
Foto: Reprodução

A lenda da Marvel, Stan Lee, que revolucionou a cultura pop como cocriador de super-heróis icônicos como "Homem-aranha" e "Incrível Hulk", que se tornaram personagens de sucesso nos cinemas, faleceu aos 95 anos

Personificação da cultura dos quadrinhos nos EUA, Lee morreu na manhã desta segunda-feira (12) em Los Angeles, segundo a imprensa especializada, incluindo a revista "Hollywood Reporter". Nos últimos anos, ele enfrentou uma série de problemas de saúde.

"Meu pai amava todos os seus fãs", contou a filha dele, J.C., ao site TMZ, especializado em celebridades. "Ele era um homem muito decente, era o maior".

O nova-iorquino, conhecido pelos óculos escuros e pelo sorriso travesso, aparecia com frequência em eventos nos quais era reverenciado pelos fãs. Lee entrou no mundo das HQs por acaso, graças a um tio que lhe arranjou um trabalho ainda adolescente enchendo tinteiros e levando café para os artistas.

"Achava que algum dia escreveria o 'Grande Romance Americano' e não queria usar meu nome verdadeiro nesses quadrinhos bobos", disse em certa ocasião, explicando porque havia deixado de usar seu nome de batismo, Stanley Lieber.

Lee foi subindo de posição até se tornar quadrinista, levando milhões de fãs de super-heróis a sonhar com seus universos fantásticos e humanos com superpoderes e acabou comandando o império Marvel por décadas como editor.

"Homem-aranha", "Pantera Negra", os "X-Men", "Quarteto Fantástico"... Lee colaborou com outros autores e ilustradores para materializar no papel sua rica imaginação.

"Homem de Ferro", "Thor" e "Doutor Estranho" vieram depois, e hoje os três heróis têm franquias cinematográficas que rendem centenas de milhões de dólares.

Lee apareceu em papéis secundários em quase todos os filmes da Marvel, inclusive como motorista de ônibus em "Vingadores: Guerra Infinita", filme que reuniu muitos dos personagens que ele criou.

"Ah, cara, de coração partido. Que esta lenda, um verdadeiro pioneiro, descanse em paz", tuitou o cineasta australiano James Wan, que dirigiu muitos dos filmes das séries "Jogos Mortais" e "Sobrenatural", e esteve à frente de "Aquaman", longa sobre um herói da DC Comics, rival da Marvel, com lançamento previsto para dezembro.

"Minha juventude não teria sido a mesma sem ele. Muito grato por tê-lo conhecido e dito como era agradecido por seu trabalho. #stanlee", completou.

As grandes datas da vida de Stan Lee:

28 de dezembro de 1922: nascimento em um lar de imigrantes romenos em Nova York

1939: entra como assistente na editora Timely Comics

1941: publica seus primeiros textos em quadrinhos "Capitão América" sob o pseudônimo de Stan Lee

1961: cria a tirinha "Quarteto Fantástico"

1962: creia as histórias em quadrinhos "Homem-Aranha", "Hulk" e "Thor". Nos anos seguintes desenha "Homem de Ferro", "X-Men", "Demolidor" e "Doutor Estranho"

1996: deixa a Marvel e cria sua própria companhia, a Stan Lee Media

2001: cria a empresa POW! Entertainment

Fonte: Diário do Nordeste