RG único: nova carteira de identidade usa número do CPF para reconhecimento

Nova carteira de identidade terá CPF como número único e válido para todo o Brasil; documento terá QR Code que pode ser lido offline

O presidente Jair Bolsonaro (PL) assinou um decreto nesta quarta-feira (23) que institui a nova carteira de identidade nacional com RG único, emitida por todos os estados do Brasil. Assim, cada cidadão ganha um número singular e válido por todo território nacional, que será o CPF. Qualquer um poderá acessar a identidade pela plataforma Gov.br.

Nova carteira de identidade terá QR Code

A emissão da nova carteira de identidade é gratuita e permanece sob responsabilidade das secretarias de Segurança Pública de cada estado brasileiro, como a SSP.

No momento em que o cidadão brasileiro fizer o pedido, caberá ao órgão estadual validar a identidade dele na plataforma Gov.br. Assim que a pessoa receber o documento em papel ou policarbonato (plástico), ela poderá acessar a versão digital pelo aplicativo do governo federal.

Em vídeo, o governo federal indicou que os campos a serem preenchidos na nova carteira de identidade serão:

  • Nome
  • Nome Social
  • Registro Geral — CPF
  • Data de Nascimento
  • Naturalidade
  • Sexo
  • Nacionalidade
  • Data de validade do documento
  • Assinatura do titular

No verso, a nova carteira virá com um QR Code que pode ser lido para checar a autenticidade do documento, inclusive sem acesso à internet.

O decreto assinado hoje pelo presidente entra em vigor no dia 1º de março, e todos os institutos de identificação, que fazem parte das secretarias de Segurança Pública dos estados, têm até 6 de março para se adequarem à medida.

Fonte: Tecnoblog