Fotógrafo ireceense recebe medalha de menção honrosa em festival internacional de fotografia

Fotógrafo ireceense recebe medalha de menção honrosa em festival internacional de fotografia

Waldson Alves, concorreu ao prêmio com duas fotografias, uma delas representa uma barriguda no pôr do sol.

O Festival Internacional de Fotografia Brasília Photo Show premiou diversas fotografias do mundo inteiro e o fotógrafo Waldson Alves recebeu a medalha de menção honrosa na categoria foto/retrato com registro que capta uma cena de Valdiclea, líder quilombola do Povoado dos Batatas de Ibititá e sua filha Dandara.

"O olhar de Dandara é aquele olhar de quem projeta o futuro, um futuro de quem sonha que não haverá mais o racismo, o machismo e a discriminação, de quem diz "oi, tudo bom? me respeite", foi a interpretação de Socrates Junior, amigo de Wall Alves, no Facebook.

Wall Alves é servidor público e trabalha na prefeitura de Irecê como fotógrafo e designer gráfico, outra fotografia dele também participou do evento e retrata uma paisagem de Irecê, uma barriguda no pôr do Sol.

Foto: Facebook

Esta não foi a primeira vez que Wall Alves foi contemplado em um evento de fotografia. Ele já havia ganhado um prêmio pela obra "Meu Lixo, Minha Vida", que retrata um catador em meio ao lixo e aos urubus no antigo lixão de Irecê, em um concurso de fotografias no Ceará. A foto ganhou na categoria foto/jornalismo.

O Festival teve 15.300 fotos inscritas e está na sua 6ª edição. Os premiados do 6º BPS foram conhecidos na noite de domingo, 22 de novembro, em um evento on-line que pôde ser acompanhado de todos os lugares do mundo.

A fotografia é simbólica e num momento em que o Brasil está em intenso debate sobre racismo, é muito importante que uma fotografia representando o povo Negro e o dia da consciência negra reverbere em festivais como esse.

Irecê Notícias, com Cultura & Realidade