Expulso, Neymar acusa adversário de racismo: 'Único arrependimento que tenho é por não ter dado na cara desse babaca'

Expulso, Neymar acusa adversário de racismo: 'Único arrependimento que tenho é por não ter dado na cara desse babaca'

Atacante brasileiro levou cartão vermelho após tapa no zagueiro Álvaro González na derrota do PSG para o Olympique de Marselha

O atacante brasileiro Neymar Jr. foi expulso após ter dado um tapa no zagueiro Álvaro González na derrota do PSG para o Olympique de Marselha, pelo CampeonaTo Francês, e acusou o defensor adversário de racismo.

A partida foi vencida pelo OM por 1 a 0. Neymar afirmou que espanhol teria o xingado de "macaco" em uma discussão dentro do campo.

Na saída de campo, Neymar admitiu ter agredido o zagueiro e foi até as redes sociais se manifestar sobre o ocorrido:

"Único arrependimento que tenho é por não ter dado na cara desse babaca", escreveu.

Por Matheus Simoni\Metro1