PUBLICIDADE Siga-nos no Instagram

Crime ambiental nas praias do Nordeste pode aumentar procura turística pela Chapada Diamantina

  • Em Bahia
  • 29-10-2019
  • Por Irecê Notícias
img
Foto: Reprodução

O próximo verão promete ser de muita procura pelo turismo na Chapada Diamantina, principalmente por conta dos casos de óleo cru derramado no litoral nordestino

Espera-se que a procura cresça abruptamente nos mais de 100 meios de hospedagem localizados em Lençóis e outras centenas espalhadas em 21 cidades da região. Os turistas habituados a procurar pelas praias do extenso litoral baiano é que são esperados por lá.

Essa procura demasiada será uma forma de avaliar de fato a capacidade de atendimento em serviços e infraestrutura que a Chapada Dimantina pode proporcionar. Os mananciais hídricos e os cartões-postais da região, intactos e exuberantes, seguem entre os mais procurados e candidatam-se a bons substitutos para quem desistir do litoral sujo de óleo, cujos danos ainda são incalculáveis.

A assessoria da Associação Brasileira de Indústria de Hotéis - seção Bahia (ABIH-BA) distribuiu nota oficial, dando conta da manutenção da taxa de ocupação do setor hoteleiro. A estabilidade na atração de turistas é atribuída ao fato de não ter chegado a alta estação e, portanto, o fluxo de turistas não costuma mesmo ser intenso neste período, podendo aumentar a partir de novembro, caso o problema seja revertido.

A entidade afirma ainda que mesmo na hipótese de controle das manchas de óleo nas praias, será muito difícil, a esta altura, recuperar com campanhas publicitárias a imagem deixada pelo desastre ambiental.

Fonte: A Tarde