Comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica pedem demissão

Decisão foi comunicada em reunião realizada nesta terça-feira (30)

Os Comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica pediram demissão nesta terça-feira (30). De acordo com nota publicada pelo Ministério da Defesa, a decisão foi comunicada em reunião, com presença do Ministro da Defesa nomeado, Braga Netto, do ex-ministro, Fernando Azevedo, e dos Comandantes das Forças. A nota não informa sobre o motivo da saída dos comandantes. 

O anúncio ocorre um dia depois que o governo federal mudou o comando de seis pastas. As decisões do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afetaram os Ministérios da Justiça, Relações Exteriores, Defesa, Casa Civil, Secretaria de Governo e AGU (Advocacia Geral da União).

Na última segunda-feira (29), Ernesto Araújo pediu demissão do comando do Ministério das Relações Exteriores. Depois, o então ministro da Defesa Fernando Azevedo e Silva anunciou em comunicado oficial que deixaria o cargo. Pouco depois, José Levi, ministro-chefe da Advocacia Geral da União, também pediu demissão.

Fonte: TV Cultura