Barragem de Mirorós reforça abastecimento na região de Irecê

Barragem de Mirorós reforça abastecimento na região de Irecê

Buscando aumentar a oferta, a Embasa colocou em operação a Adutora do Feijão, que é alimentada pela Barragem de Mirorós.

Com a elevação expressiva da temperatura nos últimos dias, o consumo de água também aumentou consideravelmente. Por isso, a demanda por água tem sido maior do que a capacidade de atendimento do Sistema Adutor do São Francisco. Apesar de manter o sistema funcionando durante 24 horas por dia, a água produzida não consegue atender a todos os usuários durante todo o tempo.

Buscando aumentar a oferta, a Embasa colocou em operação a Adutora do Feijão, que é alimentada pela Barragem de Mirorós. Toda semana, nas quartas, quintas e sextas-feiras, o sistema integrado de Irecê vai receber este reforço, até que o clima quente seja amenizado.

    “Mesmo com o reforço utilizando Mirorós, continuaremos cumprindo a autorização da Agência Nacional de Águas (ANA), quanto ao limite máximo de retirada da água na barragem”, ressalta o gerente regional da Embasa em Irecê, Odirlei Rocha.

Para garantir o abastecimento em períodos críticos como este, a Embasa recomenda a instalação de reservatórios nas residências, conforme exige a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Histórico

Inaugurada em 2013, a adutora do São Francisco foi projetada para atender a 75% da região de Irecê. Em 2018, com o agravamento da crise na barragem de Mirorós, o volume autorizado pela ANA foi reduzido a 20 l/s, atuais 50 l/s, o que desde então tem causado uma sobrecarga no sistema do São Francisco, percebida principalmente nos períodos de alta temperatura.

Fonte: Embasa - Unidade Regional de Irecê