PUBLICIDADE Siga-nos no Instagram

Bandeira vermelha: conta de luz ficará mais cara em novembro

  • Em Brasil
  • 28-10-2019
  • Por Irecê Notícias
img
Foto: Reprodução

As contas de luz ficarão mais caras no mês de novembro, por conta do baixo volume de chuvas nas regiões das hidrelétricas.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou, na última sexta-feira (25), que aplicará a bandeira vermelha no primeiro patamar, no próximo mês. Isso representa um adicional de R$ 4,169 para cada 100 quilowatts-hora consumidos.

Em outubro, a Aneel aplicou a bandeira amarela, mais barata. A agência alterou, nesta semana, os valores aplicados para cada bandeira. O adicional da bandeira vermelha no primeiro patamar, por exemplo, subiu de R$ 4,00 para R$ 4,169 a cada 100 kWh consumidos.

Ao decidir pela bandeira vermelha, a Aneel informou que o mês de novembro normalmente se caracteriza pelo início do período úmido nas principais bacias hidrográficas onde estão as hidrelétricas. Porém, segundo a agência, o regime de chuvas regulares nessas regiões “tem se revelado significativamente abaixo do padrão histórico”.

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado em 2015 pela Aneel como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia gerada por meio de usinas térmicas, que é mais cara do que a de hidrelétricas. A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia em função das condições de geração de eletricidade.

Fonte: O Globo